Categorias: Amor Próprio, Autoconhecimento, Autoestima, Comportamento, Empoderamento Feminino

Relacionamento – Porque está cada vez mais dificil?

Será mesmo que os relacionamentos estão difíceis? ou será que não estamos entendendo o significado de relacionamento?

Passamos tantas horas da nossa vida preocupados em agradar o outro, ou entender porque os relacionamentos não dão certo, que esquecemos de olhar para nossas necessidades e entender o que nos faz feliz de fato!

Mas, nesse artigo, quero te convidar a pensar de forma diferente.

Primeiramente é preciso entender como você funciona, como você percebe o mundo, quais são as coisas que você acredita?  É preciso perceber o quanto passamos tempo colocando a nossa felicidade na mão de outra pessoa. Passamos horas preocupados com os planos, pensamentos e anseios do outro, e esquecemos, ou muitas vezes, não percebemos quem somos ou quem nos tornamos.

Em segundo lugar entenda o que é relacionamento.  É bem comum associarmos a palavra relacionamento a um casal, um casamento, um namoro, ou até mesmo a um homem ou uma mulher.

Mas, relacionamento é mais do que o encontro de duas pessoas.  Digo isso para chamar a sua atenção ao fato de que precisamos nos relacionar com tudo o tempo todo.  Relacionamento consigo mesmo, com o outro, com os pais/familiares, com os filhos, com os amigos, com o trabalho, com a comida, com o corpo, com a vida…

Percebeu como é amplo?  Percebeu como é reducionista a ideia de que não somos felizes por não ter alguém para  relacionar?

Portanto, aprenda sobre você mesmo, olhe para seus conflitos com essas áreas citadas acima e aprenda a relacionar-se com cada uma dela. Entenda que é muito mais sobre você, do que sobre os outros.

Em terceiro lugar – entenda como se relacionar, como se comunicar.  Considerando que o significado de Relacionamento tem a ver com a ligação afetiva, profissional ou de amizade que se tem com outra pessoa e que todo tipo de relação envolve comunicação, é preciso também falar sobre a forma como as partes se comunicam. que linguagem usam.  John Gray, 1995 alerta para o fato de que uma boa relação interpessoal precisa, acima de tudo, estar afinada com as necessidades emocionais de cada um.  E a partir do momento que cada um exige o que outro não está fazendo para agradar, torna-se um grande sentimento de que ambos estão dando de si, mas não recebem de volta.

Isso acontece porque ambos estão sem consciência de si, sem consciência das próprias necessidades. É preciso entender suas necessidades primordiais.  Por isso, torno a falar. Relacione-se consigo mesmo, entenda-se, perceba-se como funciona com as áreas da vida e finalmente estará emocionalmente saudável para construir relacionamentos interpessoais fortes e positivos.

Não tente mudar a outra pessoa. Mudar si mesmo já é difícil, imagina mudar o outro!